CANTINHO UM OLHAR...UM SORRISO ...PRA VOCÊ.

sábado, 7 de fevereiro de 2015

**Foram dias super felizes, PURA MAGIA! Há quanto tempo não me sentia tão criança! **

Foram dias super felizes, PURA MAGIA! Há quanto tempo não me sentia tão criança!
Olhei os brinquedinhos, DVDs, revistas, canetas e lápis de colorir... Tudo ainda espalhado pelos quatro cantos da casa e quintal.... Juro que não tive coragem de catar e organizar! Assim poderia sentir mais um pouquinho, a presença do 'nosso' querido bebê mocinho que tanto conversou comigo...
Ainda ouço aquelas palavras e frases enroladas... DELÍCIA DE IDADE!
Vovô Beto! Pega isso 'po' BER... 'Binca' 'co' BER vovô Beto, 'bincaaaaa'! 'Binca' de 'zenhá' pato! 'Suta' bola 'co' BER vovô Beto!
Que canseira mais gostosa ele deu no vovô grisalho! E algumas dorzinhas nas costas também, rsrs.
Ainda sem energia elétrica, só me restou rabiscar um poeminha 'À LÁPIS' (usando o lápis do 'nosso' querido netinho)...
Mas foi ótimo, assim me distrai e o coração não ficou tão apertadinho...
SIMPLESMENTE porque, pude dedicar este poeminha de aprendiz ao 'nosso' querido 'BER'...
Aí está...

Inesquecível Cecília, permita lhe pedir um grande FAVOR:
Empreste-me um pouco de sua infinita INSPIRAÇÃO...
Passe-as em mim, para fazer um singelo poeminha ao 'nosso' querido netinho, por quem nutro um indescritível AMOR!
São as primeiras letrinhas que dedico à ele, para amenizar a saudade incrustada em meu apertado CORAÇÃO...

Por clemência Cecília, dê-me um pouco de seus VERSINHOS...
Que declamarei com a maior ternura para o 'nosso' querido bebê menino 'BER'...
Assim poderei dizer EM PENSAMENTO, que não vejo a hora de lhe REVER...
Se eu pudesse, rolaria no chão com ele agora e brincaria de tudo: de chutar 'bóia' e até de caubói e MOCINHO!

Mas como a distância me impede, só me resta DIZER:
Esta criança que em mim você fez RENASCER...
Para BRINCAR, te chama sem PARAR querido 'BER'!

Inocente MENININHO!  Fizeste de mim um avô BOBINHO...
Sou muito feliz assim, porque te tenho meu doce NETINHO!
Contigo nunca me sinto SÓ...
Que tal brincarmos agora, no meu sonho acordado, de jogar DOMINÓ?

Vemmm à mim EM PENSAMENTO...
Que a ti te faço um solene JURAMENTO:
Enquanto o SENHOR ALTÍSSIMO me deixar VIVER...
Quero brincar contigo com o maior amor, conservando a eterna criança que habita o meu SER!

BER ou NARDO...
Não me importa como te CHAMAM...
Todos te AMAM...
Mas por ninguém você é tão AMADO, queridinho menino BERNARDO!


Fiz este poeminha INFANTIL...
Invocando a afável inspiração de Cecília Meireles, que tantos doces versos, dedicou às queridas crianças do nosso BRASIL...
Para você e valiosa família, um abençoado fim de semana e 2015 todo
AMADA MENINA MORENA BETTYNHA!
Abraço fraterno e beijinho bem suave...
Deste grisalho distante...


Roberto

Nenhum comentário:

Postar um comentário