CANTINHO UM OLHAR...UM SORRISO ...PRA VOCÊ.

sábado, 27 de julho de 2013

**NÃO EXISTE TEMPO..**


NÃO EXISTE TEMPO RUIM QUANDO  ESTOU COM VOCÊ...

NÃO EXISTE TEMPO QUE DOA ....TEMPO QUE PASSA EM VÃO...

TEMPO QUE NÃO SEJA CERTO  QUANDO TUA PRESENÇA SE FAZ PRESENTE...

EM MIM.... PRINCIPALMENTE NÃO EXISTE  TEMPO QUE DURE  QUANDO ESTOU...

AO SEU LADO ...NEM TEMPO QUE PASSE  QUANDO VOCÊ VAI EMBORA NÃO....

EXISTE TEMPO FECHADO  QUE O SOL DO TEU SORRISO NÃO ME ILUMINE NEM...

TEMPO FRIO  QUE O CALOR DO TEU ABRAÇO NÃO AQUEÇA...O MEU ABRAÇO....

NÃO EXISTE TEMPO QUE CURE A SAUDADE QUE VOCÊ FAZ NEM TEMPO SUFICIENTE...

PARA VIVER COM VOCÊ  É VOCÊ É VOCÊ.E SEMPRE SERÁ VOCÊ AMOR MEU TE AMO..


Foto
Foto: Se encontraram numa escada rolante. Não puderam evitar. Tinham pedido distância, assim mesmo, mutuamente. Só que o destino prega peças. Tá, melhor a vida, para generalizar melhor. Ele foi comprar um presente pro pai. aniversário de sessenta e três anos do velho. Ela foi só bater perna mesmo. Ao colocar os pés no degrau, o viu. Ficou quieta. Enquanto ele subia mexendo no celular (deve ser mulher, ela pensou), chegou a virar o rosto para não ser notada. Não deu. Ele ainda teve que se virar duas vezes, como quem confirma e se assusta, antes de realmente ter certeza de que era ela. Sorriu. Sorriram. Passaram um pelo outro, cada um seguiu seu caminho na escada que leva os preguiçosos. Ainda estavam se olhando. Todo o trajeto, depois de cada um ter avistado o outro, foi assim. Já lá em cima, vendo-a embaixo - ainda se olhando e atrapalhando quem tentava passar , ele desceu. Ela esperou. Tanta coisa que podia acontecer. A cabeça de cada um processando mais informações por segundo do que nunca. O que falar, dizer... Um convite não seria demais.

- Esse encontro vale um café?
- Capuccino, por favor.

Não mesmo.

(G. Lacombe)




Nenhum comentário:

Postar um comentário